Publicidade

terça-feira, 13 de março de 2012 Nota | 18:54

Granada é encontrada – e detonada – na praia do Leblon

Compartilhe: Twitter

Policiais civis do esquadrão antibombas da Core (Coordenadoria de Recursos Especiais) detonaram no início da noite desta terça-feira (13) uma granada achada na praia do Leblon, na zona sul do Rio. Segundo policiais, a granada foi encontrada no final da tarde por duas crianças que começaram a brincar com ela. Uma senhora viu e avisou os bombeiros no posto salva-vidas. Eles isolaram a área e acionaram a polícia.

Policiais da Core se preparam para detonar a granada

Policiais da Core se preparam para detonar a granada

Veja o vídeo: Encontrada na praia, granada é detonada no Leblon

A granada era de efeito moral (de gás de pimenta, usada para controlar distúrbios e dispersar multidões) e estava na areia, na altura da rua Afrânio de Mello Franco (onde ficam a 14ªDP,  a Delegacia de Atendimento ao Turista e o Shopping Leblon). Uma escolinha de vôlei para crianças fica a poucas dezenas de metros de onde foi encontrado o artefato.

Para efetuar a detonação, foi interditado um trecho da praia de cerca de 200 metros, junto ao mar. Os peritos fizeram um buraco na areia e com ajuda de um braço mecânico a granada foi levada para lá e detonada. Segundo o inspetor Ivaldo, da Core, a granada era de baixo poder explosivo mas, caso detonasse enquanto fosse manuseada, poderia levar a ferimentos como a perda dos dedos ou da mão.

Policiais acreditam que ela pode ter sido trazida pelo mar.

Policial exibe a granada detonada

Policial exibe a granada detonada

Autor: Tags: , ,

21 comentários | Comentar

  1. 71 Sara 13/03/2012 21:44

    Isso é um absurdo…Isso é o Rio de Janeiro onde vamos parar é uma pouca vergonha viver em pais como esse..Os ladroes estão tomando conta do Brasil e os policiais cada dia estão pior!!!

  2. 70 sulo 13/03/2012 22:02

    cirquinho patetico, detonar uma granada de efeito moral usando um aparto de segurança e tal, mas em tiroteios, abordagens, perseguisões, a policia frequentemente põe em risco a população,

  3. 69 PauloRick 13/03/2012 22:24

    Mais uma noticia sensacionalista e barata, isso é equipamento usado pela polícia de efeito moral, e estava completamente destruída. Não representa perigo e pode ter vindo pelo mar de qualquer lugar.

  4. 68 Alexandre Michael 13/03/2012 22:46

    Que saudade da Ditadura Militar no Brasil. Duvido se naquele tempo alguém achasse isso ainda mais na praia. Que saudade do Brasil. Culpado foi General João Figueiredo que anistiou essa cambada de bandido que está hoje no poder.

  5. 67 max 13/03/2012 22:48

    somente uma bombinha!!! enquanto na Europa acha-se bombas de verdade.

  6. 66 Anastacio Somoza 13/03/2012 23:23

    Calma, dona Sara, calma…

  7. 65 Shirlei Horta 13/03/2012 23:28

    Certo, vamos lá. Granada – não importa com qual grau de “poder de fogo” – é arma. ‘Tamos combinados? Ok. Explosivo – de qualquer tipo – não vende na vendinha do seo Tanaka, né não? Seo Tanaka, inclusive, é muito gente fina, não vende nem traque. E, que eu saiba, mas posso estar errada e gostaria de, nesse caso, ser corrigida, até pombo correio tem um registro geral, para controle. Bom, agora, vamos juntar as coisas. Quer dizer que, numa modorrenta terça-feira à tarde, fim de tarde, tem granada na mão das crianças na praia do Leblon? E ninguém sabe de onde veio? E, graças ao Redentor, era “só” de efeito moral? E por falar em moral, não é imoral correr o risco de perder uns dedinhos, uma mãozinha, numa visitinha ao mar? Não vejo a hora de de me esparramar nas areias de ninguém do Rio de Janeiro!!!!

  8. 64 fernando 14/03/2012 0:46

    tem gente que se acha arnaldo jabor

  9. 63 Sergio 14/03/2012 1:54

    Pô esse tal de Alexandre Michael é doido ou maluco? Ou ele é muito jovem p falar essas bobagens; ou velho demais pra ter esquecido as atrocidades que a velha cafetina rabugenta, aposentada e quase cega ditadura causou em milhares de brasileiros que lutavam por uma democracia livre da opressão militar. Será que ele foi um deles?

  10. 62 Mario 14/03/2012 3:10

    De fato, tem gente que se acha discípulo da escolinha de Jabor.

  11. 61 Socorro tribuzi Lula 14/03/2012 5:57

    Isso parece coisa dos Países onde existe guerra todo terra que tem guerra.É um grande perigo para qulquer pessoa que pisasse nela.
    Hoje em dia as coisas estão horriveis,vemos cada coisa absurda que realmente está parecendo o fim do mundo.Ainda ebm que só parece,porque o mundo verdadeiro não acaba,só nós é que vamos embora quando desencarnamos.Mas continuamos a viver noutra dimensão.
    Agora,nós precisamos orar muito pelas pessoas que ainda estão aqui e os que foram também,para que a Paz possa ser instalada aqui na terra,para não acontecer tantas aberrações,que vemos acontecer aqui.

  12. 60 RENATO - BRASÍLIA 14/03/2012 6:38

    Notícia MUITO SENSACIONALISTA.

  13. 59 jose roberto de mello 14/03/2012 7:12

    PARABENS ALEXANDRE MICHAEL PELO SEU COMENTARIO EU PENSEI QUE EU ERA O UNICO COM ESTE PENSAMENTE A GENTE ERA FELIZ E NÃO SABIA POVÃO .

  14. 58 rolando galante 14/03/2012 7:38

    Todos sabem que os criminosos, principalmente traficantes, e “vendedores de proteção”, adquirem armamento pesado e até de uso exclusivo das forças armadas, através de corrupção, contrabando, roubo, etc..isso não acontece apenas no Rio de Janeiro, acontece em todo o país, significa portanto que nossa legislação é muito branda, para não dizer tolerante, culpado disso são nossos parlamentares, que não alteram leis que deveriam punir com severidade, criminosos que comercializam/usam armamentos, enquanto isso esses mesmos parlamentares,querem outro referendo de desarmamento, para impedir que um cidadão tenha em sua residência uma arma para defesa própria dentro de sua residência, com tôda essa bandidagem solta , votarei contra novamente! Deu pra entender! Bandido entrou em minha casa atiro para matar mesmo!

  15. 57 Marcelo 14/03/2012 8:05

    Nao que eu seja a favor da ditadura militar, e nem vivi durante seu regime, mas me pergunto qual a vantagem que temos hoje com a democracia?
    Antigamente colegio bom, eram os publicos, e o povo tinha educacao, respeitava os mais velhos e coisas do genero.
    Hoje ninguem estuda direito se nao tiver dinheiro pra bancar um bom colegio particular, Tiririca e Romario sao Dep. Federais. Maluf ate hoje nao foi preso. O mensalao ficou no esquecimento.
    Minha pergunta eh a seguinte: Nos merecemos a democracia?

  16. 56 Luiz F. Costa 14/03/2012 8:30

    Quanto comentário idiota! E que matéria sem proveito!

  17. 55 Paulo Zevinski 14/03/2012 8:43

    Ah, meu Deus! Sempre tem alguém aqui com saudade da ditadura militar. Seja contra ou a favor. Enquanto isso a nova ditadura vai tirando nossa saúde, educação e segurança.

    Obras super e ultra faturadas pululam, escândalos descobertos e os responsáveis escapam das mãos da justiça, voltando em todas as eleições.

    Esse governinho sem vergonha, falso e pilantra, vai mantendo nosso sistema bem travado, para que seus políticos corruptos fiquem quase vinte anos sem julgamento. Mas, rapidinho, aprovou uma série de brechas que colocam criminosos nas ruas para comemorar Dia dos Pais, quando tiraram a vida de vários pais de família.

    Esses criminosos aproveitam essas brechas e cometem crimes cada vez mais bárbaros. Mas não tem problema, não é? Vamos continuar “martelando” em cima dos militares, como se todo militar fosse torturador. E como se todo o revoltoso fosse santo. A ditadura militar acabou há quase trinta anos, e nosso regime democrático (?) já está completando o mesmo tempo que os militares estiveram no poder.

    O brasileiro não aprende mais nem a escrever; nem a raciocinar. Está emburrecido. E culpa disso é de gente na sociedade, também emburrecida, que se prendeu ao passado e deixa o presente de lado, por motivos que ficam difíceis de entender.

    O Brasil é um país das entrelinhas. Não podemos acreditar piamente nas pessoas públicas. Devemos prestar atenção no resultado de suas obras.

    Para mim, pouco importa quem manda no país.Se eu tivesse certeza de que eu teria um bom hospital público, um bom transporte, boa escola e faculdade para meu filho e veria criminosos realmente cumprindo suas penas e sendo reeducados (quando possível) até o Bin Laden poderia mandar nessa porcaria de terra.

    E, francamente, nem os militares nem essa cambada de corruptos estão fazendo um bom trabalho.Um monte “lá em cima” está recebendo suas indenizações por conta dos tempos da luta contra o regime militar. Está embolsando suas porcentagens em em todos os projetos do governo. Enquanto isso, o mesmo povo sem comida e sem água do Norte e Nordeste está lá, há mais de cem anos.

    Quero que alguém tenha a coragem de elencar o que, realmente, melhorou na vida do brasileiro. E não vale vir com aquela história ridícula de que temos mais liberdade, que isso e aquilo. Isso é papo para gente da USP com lavagem cerebral. Gente que ainda tem toca discos em casa, põe um disco do Geraldo Vandré, acende seu cigarro cubano e não sai dos aos sessenta…

    Se você sair às ruas rua com um grupo de um milhão de pessoas e pedir a saída da Dilma, mesmo que não haja encrenca com a polícia, ela nem tomará conhecimento disso. Qualquer um aqui pode subir num palanque e xingar a vontade, desde o vereador local até a presidência da república, que nada vai acontecer. Nem de bom, nem de ruim.

    E para os desinformados, os mesmos políticos de antes do regime estão lá!

    O brasileiro está tão emburrecido, que nem se lembra da história da armação da copa de 70. Pior, não vê as mesmas coisas, as mesmas cortinas de fumaça, utilizada em várias festas populares. Do mesmo jeito que sempre foi, o governo aproveita que a cambada de idiotas está se drogando e bebendo, e arguiva processos, altera verbas, cria cargos e desvia dinheiro.

    Aulas de história, quando tocam no periodo do regime militar, começam assim “esse foi um período negro na nossa história!”. Tá, e daqui a trinta anos, quando estivermos vivendo à base de toque de recolher, por causa da guerra entre ladrões, policiais e milícias, na base de blindados e granadas, vamos colocar a culpa em quem?

    A culpa será nossa se nossos filhos não puderem ir à lugar nenhum sem que haja certeza de que um delinquente o mate atropelado, pague uma fiança e vá para casa. Ah, é verdade, isso já acontece! Mas não vamos protestar contra isso. Vamos juntar milhões na Paulista, na parada gay, que é mais divertido. Coisa séria não é com o brasileiro…

    Essa granada pode ter qualquer origem, e sua origem, para nós, é o que pouco importa. O problema não é somente ela ter parado no Leblon. Existem outras que estão prontas para explodir em lugares pobres e – ao contrário dessa – vai levar alguém junto.O grande “x” da questão é saber que existem indivíduos tão seguros da impunidade, que utilizam explosivos para roubar caixas eletrônicos. Existem indivíduos que param ônibus lotados, e jogam gasolina neles. E quando são presos, aparece um monte de pais e mães deles (os mesmos que deixaram os “santinhos” à mercê de maus exemplos) para quererm quebrar delegacia, virar viaturas… E que se dane você, trabalhador que quase morreu queimado. Essa corja de gente sem sentido quer “direitos humanos” para suas crias!

    Alguém aqui protesta? Não. Alguém aqui fica indignado com a onda de crimes, cada vez maior? Não. Muito pelo contrário. Ao invés de sermos inteligentes e boicotar Carnaval, Copa e Olimpiadas, vamos encher o bolso do governo com nosso dinheiro. Vamos comprar o iPhone mais caro do mundo.

    E, claro, quando alguma porcaria acontece, vamos colocar a culpa na ditadura…

    Eita povinho.

  18. 54 andre leonardo mitchell 14/03/2012 8:59

    Senhor Sergio, porque tanto rancor?? primeiramente nao foram milhares que lutaram contra a “ditadura” por “democracia comunista” e sim dezena, atrocidades aconteceram de ambas as partes basta o senhor ler nos livros de historia isentos de politica. As dezenas que lutaram pela “democracia comunista” foram treinados por um ditador chamado Fidel Castro que mantem a linhagem no poder bem como tem um País muito desenvolvido ou seja com todo certeza seriamos uma Cuba continental hoje. Não analize historia com fatos recentes tem que se analisar historia com os fatos historicos de epoca.. (Uruguai, Chile, Paraguai, Colombia (FARC), Peru (Sendero Luminoso), Coreias, Vietinam, Uganda, Moçambique, Africa do Sul, Angola, etc etc).

  19. 53 paulo victor 14/03/2012 9:04

    Alexandre e Sergio,

    O problema durante a ditadura foi que puseram bandidos comuns junto com presos politicos , que na epoca eram chamados terroristas.
    Ai , aconteceu o inevitável. Como o pessoal da esquerda gosta de lembrar, o ato desafortunado dos militares propiciou que os bandidos comuns aprendessem a manusear armas maiores a a empreender roubo maiores, como bancos
    Como o pessoal de direita prefere lembrar, colocar os dois grupos na mesma jaula propiciou que os presos politicos aprendessam a roubar com os bandidos comuns.
    E deu nisso que está ai.

  20. 52 Shirlei Horta 14/03/2012 19:06

    É muito bom encontrar tanta gente indignada, mesmo que defendendo versões históricas tão diferentes, incompatíveis até. Sugiro que a gente se arme só da nossa indignação para que a nossa união possa gerar presente e futuro melhores simplesmente. Vamos deixar a história para os historiadores.

  21. 51 carmen c. perine 16/03/2012 20:28

    Não, isto não é o Rio, isto é o brasil…porque, só o rio é visto como violento, será que em outros estados do brasil, a tranquilidade, faz parte da vida das outras cidades,,, é muito sério, querer dizer que no rio a violência é maior que em outros Estados, do brasil, afinal vamos parar de colocar o rio, em crima, de insegurança eterna…carmen

Os comentários do texto estão encerrados.